blog filosófico, cultural e político
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
DESTINADOS À TERRA

Destinados à terra

Somos para sermos roídos pelas raízes das rosas.

HENRIQUE DÓRIA

georgia o keeffe.jpg

 



publicado por henrique doria às 12:54
link do post | comentar | favorito
|

Terça-feira, 24 de Outubro de 2017
CHINESICE

Grão a grão enche a galinha o chão.

paisagem%20catalão.jpg

 

 



publicado por henrique doria às 21:20
link do post | comentar | favorito
|

Quinta-feira, 19 de Outubro de 2017
FRAGMENTO

"A rua... o único campo válido de experiência", escreveu André Breton.

Há muitas ruas dentro do meu quarto.

hopper.jpg

 



publicado por henrique doria às 09:52
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

Terça-feira, 3 de Outubro de 2017
FRAGMENTO

 No DIÁRIO, Soren KIERKKGAARD afirma que a filosofia e a política são os grandes inimigos da religião.Mas que a política é maior inimiga ainda que a filosofia,

Concordo com ele: a política busca alcançar a felicidade do Homem durante a vida na terra, enquanto que para a religião, a felicidade na terra é sempre uma ilusão pois a verdadeira felicidade só existe depois da morte.

Dada a indiferença de Deus pelo Homem, prefiro a política à religião, ao contrário de Kierkgaard.

HENRIQUE DÓRIA

N05063_10.jpg

 



publicado por henrique doria às 09:32
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|

Quarta-feira, 9 de Agosto de 2017
POBRE AVÓ QUE ORA

the-eye-of-the-angelus.jpg

 Pobre avó que ora

 

Noite que caminha pela noite fora-

Ora ao Deus azul

ao rei escondido que naufragou ao sul

Ora à lua vaga

Deitada num barco que não mais acaba

Ora à fonte à fronte ao milho

Ao escondido brilho

À luz e ao pão

À água que corre surda em sua mão

Ao forno ao fogo

À rosa a começar de novo

 

Aos dedos dos espelhos

Dentro da morte que tecem os velhos.

 

HENRIQUE DÓRIA



publicado por henrique doria às 22:44
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|

Terça-feira, 25 de Julho de 2017
SOMOS APENAS ÁGUA

VERÃO MUNCH 1.jpg

Somos apenas água dentro

Da ânfora.

É da ânfora a nossa forma

A nossa luz e a nossa sombra.

 

Estamos para ser bebidos

Ser o alimento das rosas

O bico da rola

Que abre a música dentro do cristal.

 

Somos para ser despejados na rua

Ou, tão só, nos perdermos dentro dos tubos escuros

Misturados com urina e fezes.

 

Somos a saliva do cão.

 

E, no entanto, a água que somos

Torna brancas as escadas de mármore

E tantas vezes arde

-Que alcança o incêndio.

 

HENRIQUE DÓRIA



publicado por henrique doria às 12:19
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|

Quarta-feira, 28 de Junho de 2017
FRAGMENTO

A alegria é uma saudade de que  vão escarnecendo os moinhos do mundo.

A Alegria de Viver, 1906 Matisse-thumb-800x533-112

 



publicado por henrique doria às 12:12
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

FRAGMENTO

Segundo aniversário do meu primeiro e único neto.Sentimentalão que sou, não contive as lágrimas quando a minha filha revelou que estava grávida.O seu nascimento foi um feliz momento esperado. Mas com o tempo percebi esse intimo e alto sentido das palavras:« eu é um outro» Sei que nele me continuarei porque tudo nele é o meu corpo e a minha luz. Eu que caminho para a vindima da tempo sei que ele será as minhas uvas de que ambos tanto gostamos, e o meu vinho de que ele também há-de gostar.

Ele é o  meu vinho - com mel.

 

Klimt-Mother-and-Child-Artwork1905.jpg

 

 



publicado por henrique doria às 11:58
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

Sábado, 17 de Junho de 2017
CORREM EM MIM TRÊS RIOS

Correm em mim três rios

Três corpos sumptuosos transbordando

através da pele

Duma ternura animal.

 

Um ama o fogo e com ele

Sobe as escadas esperando

Perder-se no fogo-nas bocas

No mundo. É de vinho esse rio

Que nasce dos cachos da terra

No lugar onde o coração se afunda

Numa loucura abismal.

 

Outro é de água que mata

A sede das estrelas.

Esse nasce no útero

Onde embala três afluentes

Embala-os dia e noite para que nunca

Chorem nem se percam

Entre os turvos espelhos de sal.

 

O mais jovem é do mel

Com que se fabricam os sonhos.

Chama-se fénix

E voa entre os meandros das árvores,

Corro para ele pobre cão do amor

Querendo

Na minha boca a sua beleza ancestral.

 

delvaux.jpg

 

 

 



publicado por henrique doria às 11:11
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|

Quarta-feira, 14 de Junho de 2017
EM MEMÓRIA E LOUVOR DE ALÍPIO DE FREITAS

Como somos tão displicentes com tantas pessoas que amamos. A vida envolve-nos em sucessivas ondas que, no fundo, são hábitos, rotinas, acomodações. E o importante passa: passa o exercício do amor no prazer duma simples presença, na luz duma animada conversa, numa simples lembrança diária fazendo com que aquele que está longe esteja presente em nós.

Só quando perdemos aqueles que amamos nos lembramos de quanto nos perdemos em tão pequenos nadas. Porque esses que amamos, mesmo quando desconhecemos que amamos, mesmo quando desconhecemos que existem mas percebemos que ainda assim amamos, todos esses são, afinal, tudo.

alípio.jpg

 



publicado por henrique doria às 00:15
link do post | comentar | favorito
|

mais sobre mim
pesquisar
 
Dezembro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


posts recentes

DESTINADOS À TERRA

CHINESICE

FRAGMENTO

FRAGMENTO

POBRE AVÓ QUE ORA

SOMOS APENAS ÁGUA

FRAGMENTO

FRAGMENTO

CORREM EM MIM TRÊS RIOS

EM MEMÓRIA E LOUVOR DE AL...

arquivos

Dezembro 2017

Outubro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Outubro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Abril 2013

Março 2013

Dezembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Novembro 2004

Outubro 2004

Setembro 2004

Agosto 2004

Julho 2004

Junho 2004

Maio 2004

Abril 2004

Março 2004

blogs SAPO
subscrever feeds