blog filosófico, cultural e político
Sábado, 22 de Outubro de 2005
EU NUNCA FUI AVIADOR
Eu nunca fui aviador. Mas é como se o fosse. E planador.
À noite mergulho no vazio. Dou comigo a cair duma falésia de ónix. Suga-me o olho branco do abismo. A queda é grande, e a meio da viagem vou a suar de pânico.
Mas, quando estou prestes a esmagar-me contra a rocha, subitamente transformo-me num aviador. Confiante e silencioso, mesmo sem qualquer avião.Olho a paisagem debaixo de mim com a serenidade dos seres que planam. E vôo com as asas invisíveis de anjo.
Eu que em tantas noites reinicio a queda.


publicado por henrique doria às 19:58
link do post | comentar | favorito
|

6 comentários:
De Anónimo a 30 de Outubro de 2005 às 21:22
este texto é maravilhoso.
aproveito para te enviar este poema :


"Ambição"


Se escrevo, não é porque tenho algo de novo a dizer./

A gente teve sempre o mesmo lote/

As mesmas amarguras e as mesmas alegrias/

Aquilo a que se chama igualdade de oportunidades./

Se escrevo, é porque me mato a procurar/

A mais concisa representação gráfica das lágrimas./


Kharkianákis – trad. de Manuel Resende in revista DiVersos,nº 6


***
maat7
(http://ardeoazul3.blogspot.com)
(mailto:0140538601@netcabo.pt)


De Anónimo a 26 de Outubro de 2005 às 00:01
São as noites que salvam com suas asas os voos, atenuam as quedas, experimentam as quedas, invertem as quedas, quedam as quedas.
Abraço
Rriso
(http://risocordetejo.blogspot.com/)
(mailto:so_risos@hotmail.com)


De Anónimo a 24 de Outubro de 2005 às 00:48
Lindo sentir, Henrique, gostei especialmente deste texto tão mesclado de fraquezas e forças! Um beijo grande e voa sempre alto, de planador ou com as tuas asas...
FataMorgana
(http://fatamorgana.romanesca.com/blogger.html)
(mailto:backinavalon@yahoo.com)


De Anónimo a 23 de Outubro de 2005 às 01:45
Reinicias a queda e reinicias o voo.
A vida é um eterno recomeço.
Beijo.:)andorinha
(http://mordideledecachorro.blogspot.com)
(mailto:modetecoelho@hotmail.com)


De Anónimo a 22 de Outubro de 2005 às 23:16
Olá Henrique

Vim agradecer e retribuir a tua visita e as tuas palavras. Espero que voltes :)

Agora estou a conhecer o teu "cantinho" passeio por entre as tuas palavras e parei aqui no "EU NUNCA FUI AVIADOR" quantas vezes os anjos nos emprestam as suas asas - e nós nem sequer damos por isso! por sermos tão simples e insignificantes mortais, pensando que somos alguma coisa mais!

Gostei muito de estar aqui... irei voltar :)

BeijinhosBetty Branco Martins
(http://http://bettybrmartins.blogspot.com)
(mailto:betty_martins@net.novis.pt)


De Cainha a 13 de Janeiro de 2011 às 22:09
Muito bonito este texto.
As asas dos sonhos são mais poderosas que os abismos.


Comentar post

mais sobre mim
pesquisar
 
Agosto 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


posts recentes

POBRE AVÓ QUE ORA

SOMOS APENAS ÁGUA

FRAGMENTO

FRAGMENTO

CORREM EM MIM TRÊS RIOS

EM MEMÓRIA E LOUVOR DE AL...

OLHO PARA MIM

FRAGMENTO

VIESTE AVE DE FOGO

NADA É ETERNO

arquivos

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Outubro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Abril 2013

Março 2013

Dezembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Novembro 2004

Outubro 2004

Setembro 2004

Agosto 2004

Julho 2004

Junho 2004

Maio 2004

Abril 2004

Março 2004

blogs SAPO
subscrever feeds