blog filosófico, cultural e político
Sábado, 24 de Outubro de 2009
SARAMAGO E DEUS

Pouco falta para Saramago ser lançado à fogueira por ter afirmado uma verdade evidente: que a Bíblia é um "manual de maus costumes."

Esta afirmação é de uma verdade tão evidente, que só por ignorância, má fé ou ingenuidade se pode dizer o contrário.

Infelizmente, quase todos os que se dizem católicos, incluindo muitas luminárias que aparecem em público a dar palpites, nunca leram a Bíblia. Porque se a lessem sem preconceitos perceberiam que o Deus do Antigo Testamento não passa de um tiranete de uma tribo de beduínos.

É claro que, ingenuamente, ou por interesse, sempre poderão dizer os seguidores das religiões hebraico-cristãs que a Bíblia não pode ter uma leitura literal, que tem de ser lida como obscura,e até insondável, palavra de Deus que os pobres mortais não podem alcançar.

Curiosamente, são esses que entendem que as passagens da Bíblia mais agradáveis à sua consciência podem ser tomadas à letra, e que Cristo usou uma linguagem simples para ensinar os homens.

Mas vamos ao que lá está escrito para verifircarmos a razão de Saramago.

Desde logo, os direitos dos descendentes de Israel, isto é, de Jacob, isto é, toda a narrativa bíblica, assenta numa miserável fraude. Israel, industriado por sua mãe Rebeca, que o preferia ao outro filho Esaú, que, por sua vez, era o preferido do cego Isaac, seu pai, monta uma burla para enganar o pai, fazendo-se passar pelo irmão, cobrindo as mãos e o pescoço com uma pele de carneiro (pois o irmão era peludo) para obter do pai a benção a primogenitura e a benção que lhe davam o domínio sobre a família e o direito a dois terços da herança, que o pai destinara ao primogénito Esaú.

É sobre essa vigarice aprovada pelo Senhor que se constrói a casa de Israel e toda a narrativa bíblica.

Daí para a frente é um desenrolar de traições, de crimes e de burlas sobre as quais assentou o poder da casa de Israel, passando pela divisão em dois reinos, de Israel e de Judá, até ao fim da independência de ambos os reinos ( se é que alguma vez foram verdadeiramente independentes, e não foram sempre tributários de outros reinos, nomeadamente do Egipto).

Então aquele que é tido como exemplo de uma grande e bom rei, tão bom que dele descende Cristo, segundo os Evangelhos, é um exemplo de mau carácter a todos os títulos condenável. Afasta pela intriga os descendentes de Saúl, é pedófilo, assassino, injusto, entre um imenso rol de defeitos.

E, dizer-se que era um grande rei, é algo de ridículo. Israel, no seu período de maior expansão, nunca foi sequer do tamanho de metade de Portugal.

Mas basta citar duas passagens bíblicas para se perceber quanto o Deus dos Judeus é mau e cruel.

1ª Passagem: JOSUÉ, 6, 20-21:

" A CONQUISTA DE JERICÓ...as muralhas da cidade desabaram e os filhos de Israel subiram à cidade...

Tomaram a cidade e votaram-na ao anátema passando a fio de espada tudo o que nela  encontraram: homens, mulheres, crianças, velhos, inclusivamente os bois, as ovelhas e os jumentos."

2ª passagem: DEUTERONÓMIO, 28, 15-27:

"Mas, se não escutares a voz do Senhor, teu Deus, se não praticares todos os Seus preceitos e as Suas leis, todas estas maldições virão sobre ti e serão tua partilha.Malditos serão o fruto das tuas entranhas, o fruto do teu solo, a prole dos teus touros e as crias das tuas ovelhas...

O Senhor enviar-te-á a peste...ferir-te-á com a consumpção, com a febre, com inflamações de toda a espécie...afligir-te-á com a úlcera do Egipto, com hemorróidas, com a sarna seca e húmida..."

Votar cidades ao anátema, para os Judeus era cumprir uma ordem divina.

As hemorróidas eram também um castigo divino.

É claro que se pode ler isto a uma luz insondável aos mortais.

Mas aqueles que não dispõem de qualquer sonda, aqueles que não vêem no túnel qualquer luz mas apenas hemorróidas, esses não poderão deixar de afirmar, se forem homens de pouca fé mas de bons princípios e bons costumes, que a Bíblia é um "manual de maus costumes".



publicado por henrique doria às 17:00
link do post | comentar | favorito
|

13 comentários:
De Anónimo a 25 de Outubro de 2009 às 10:06
... e Deus, na sua distração diviva, como semeador sem mão, distribuiu sofrimento às mãos cheias. e depois ...


_____
poso estender-te um beijo?


De henrique doria a 25 de Outubro de 2009 às 17:34
Beijos


De Anónimo a 25 de Outubro de 2009 às 10:11
ai, também sofro de distracção aguda :)
corrijo: distracção divina

bom domingo Henrique


De ACCB a 25 de Outubro de 2009 às 19:30


De maré a 25 de Outubro de 2009 às 19:59
bem, nem sei porque apareci como anónima
mas como não tenho problema algum com identificações o meu nome é maré :)

boa semana


De dina maria marques a 28 de Outubro de 2009 às 02:51
Que fique claro, nunca li a Bíblia (será que isso faz de mim uma pessoa melhor???) mas já li Saramago e garanto que isso não fez de mim uma pessoa "diferente".

É muito bom que possamos escrever o que pensamos e sentimos.
Significa que somos livres.
Livres como Saramago.
Como o Henrique.
Como eu...

(Uma pequena nota:
- Khomeini condenou Rushdie pelo crime de " apostasia ", o que de acordo com a Hadith é punível com a morte, isto porque no seu livro "Versículos Satânicos", Rushdie afirmava que tinha deixado de acreditar no Islão. Rushdie viveu perseguido e escondido durante muitos anos).

Da Liberdade sigo um princípio básico: o respeito por todas as ideias políticas, credos, raças, sexos, opiniões.... ...acredito que teríamos um mundo melhor se todos aceitássemos e vivêssemos em paz com as diferenças.

Eu vivo as minhas diferenças com Saramago ... mas sem fogueiras....




De dina maria marques a 28 de Outubro de 2009 às 03:21
Podes falar de filosofia Henrique, de cultura, de política, de poesia .... de tudo, embora seja nesta última que mais me "encontro contigo"
...
podes falar de tudo, escrever sobre tudo, é sempre fascinante ouvir-te ou ler-te
...
não concordo inteiramente contigo no que diz respeito a Saramago, mas não foi por isso que não te deixei um beijo e votos de um resto de boa semana....foi só por esquecimento, de tão absorvida que estava na exposição da minha humilde "tese"... desculpas-me?

Beijo.







De Sara Rocha a 30 de Outubro de 2009 às 15:04
...não concordo, mas respeito.

Excelente blogue.



De Arianrhod a 1 de Novembro de 2009 às 16:20
O cristianismo tal como se vende, o produto do mercado atual, é realmente lamentável. Percebemos que ele acaba atraindo as multidões, já que o seu discurso é capaz de isentar os indivíduos de suas responsabilidades... É fácil acreditar que se cometeu um erro por conta de uma força exterior ruim, é mais cômodo e ao mesmo tempo covarde. A Bíblia desencadeia a proliferação de seres fracos, incapazes de entender que as rédeas de seus destinos dependem de suas ações, suas escolhas e suas metas. A Bíblia acabou resultando numa consecução de erros, de más interpretações, de usos políticos, de hipocrisias. Os seres humanos devem se libertar das amarras, das muletas, devem encarar a vida e a humanidade com lucidez. E lucidez e cegueira não combinam...


De Arianrhod a 1 de Novembro de 2009 às 16:23
O cristianismo tal como se vende, o produto do mercado atual, é realmente lamentável. Percebemos que ele acaba atraindo as multidões, já que o seu discurso é capaz de isentar os indivíduos de suas responsabilidades... É fácil acreditar que se cometeu um erro por conta de uma força exterior ruim, é mais cômodo e ao mesmo tempo covarde. A Bíblia desencadeia a proliferação de seres fracos, incapazes de entender que as rédeas de seus destinos dependem de suas ações, suas escolhas e suas metas. A Bíblia acabou resultando numa consecução de erros, de más interpretações, de usos políticos, de hipocrisias. Os seres humanos devem se libertar das amarras, das muletas, devem encarar a vida e a humanidade com lucidez. E lucidez e cegueira não combinam...



De Loulou a 2 de Novembro de 2009 às 01:01
Caro Amigo,
Gostei tanto e aprendi tanto consigo que lhe "roubei" o seu texto.
Peço desculpa a ousadia mas a minha ignorância a isso me levou.

Uma amiga ao seu dispor

Loulou


De Loulou a 2 de Novembro de 2009 às 00:57
Caro Amigo,
Gostei tanto e aprendi tanto consigo que lhe «roubei» o seu texto.
Peço desculpa a ousadia mas a minha ignorância a isso me levou.

Uma amiga ao seu dispor
[Error: Irreparable invalid markup ('<br [...] <a>') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

Caro Amigo, <BR>Gostei tanto e aprendi tanto consigo que lhe «roubei» o seu texto. <BR>Peço desculpa a ousadia mas a minha ignorância a isso me levou. <BR><BR>Uma amiga ao seu dispor <BR><BR class=incorrect name="incorrect" <a>Loulou</A>


Comentar post

mais sobre mim
pesquisar
 
Outubro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
20
21

22
23
25
26
27
28

29
30
31


posts recentes

CHINESICE

FRAGMENTO

FRAGMENTO

POBRE AVÓ QUE ORA

SOMOS APENAS ÁGUA

FRAGMENTO

FRAGMENTO

CORREM EM MIM TRÊS RIOS

EM MEMÓRIA E LOUVOR DE AL...

OLHO PARA MIM

arquivos

Outubro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Outubro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Abril 2013

Março 2013

Dezembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Novembro 2004

Outubro 2004

Setembro 2004

Agosto 2004

Julho 2004

Junho 2004

Maio 2004

Abril 2004

Março 2004

blogs SAPO
subscrever feeds