blog filosófico, cultural e político
Terça-feira, 1 de Dezembro de 2009
DIA DA RESTAURAÇÃO

A POLÍTICA MONÁRQUICA, vista por RAFAEL BORDALO PINHEIRO

 

 

Todos os anos os portugueses têm de suportar neste dia da Restauração as ridículas tiradas do ridículo pretendente à coroa de Portugal, Duarte Nuno de Bragança. Desta vez o senhor culpou a República pelas dificulades que atravessa o país, incluindo os casos de corrupção que se vão descobrindo.

O senhor ignora, certamente, que se houve período em que a corrupção grassou neste país esse período foi, sem dúvida, o final da monarquia.

Então, como agora, havia bancos a falir devido a fraudes e o tráfico de influências era o dia a dia do país. Com uma diferença: se agora os causadores da falência que tanto dano tem causado ao país, a falência do BPN, são a espinha dorsal de um partido, o PSD, e os mais chegados colaboradores do Presidente da República,  (alguns deles, aliás, dizendo-se monárquicos) no final da monarquia os causadores das falências de bancos que levaram à implantação da República foram os próprios primeiros ministros do rei D. Carlos, a saber, José Luciano e Castro e Hintze Ribeiro.

E agora os corruptos ainda são julgados ( pelo menos os que são apanhados) e, na monarquia, os Hintze e os José Luciano estavam acima da lei e nunca forma julgados pelas fraudes e pela corrupção que protagonizaram e tanto dano causaram a Portugal.

Mas há algo em que estou de acordo com ele: a República está fragilizada, tão fragilizada que os republicanos deixam passar em branco as agressões desse senhor, como se fosse a República a responsável pela corrupção, e não os corruptos que não são republicanos nem monárquicos, ou são ambas as coisas, conforme lhes convém.



publicado por henrique doria às 15:08
link do post | comentar | favorito
|

7 comentários:
De Sefaxavor a 1 de Dezembro de 2009 às 19:28
Coitadito do senhor. Aparentemente todo e qualquer infeliz tem direito aos seus minutinhos de fama, e os dele calham por esta data :)


De dina maria marques a 1 de Dezembro de 2009 às 20:10
...ou são ambas as coisas, conforme lhes convém!!!

Mas é sempre bom ter "algo" a que culpar, em vez de ter "alguém"... à Republica ninguém a leva presa, mas e aos corruptos???

Como sempre, as tuas palavras para ler e pensar.....

Beijo. Saudade.


De maré a 1 de Dezembro de 2009 às 21:23
eu sorrio Henrique

____precisam lembrar que um dia houve uma monarquia para que não os esqueçam definitivamente .


um beijo


De Anónimo a 1 de Dezembro de 2009 às 21:25
... e o que eu gosto de Bordalo Pinheiro :)



De dina maria marques a 1 de Dezembro de 2009 às 23:00
Obrigada pelas tuas palavras.
Beijos de alma.



De gabriela rocha martins a 2 de Dezembro de 2009 às 16:01
excelente post .excelente ilustração

( nada mais a acrescentar não vá a vara engrossar.... )



.
um beijo


De Maria a 7 de Novembro de 2010 às 20:06
PORTUGAL ENCONTRA-SE DOENTE E MALTRADO!
SÓ O REPUBLICANO NÃO COMPREENDE AS PALAVRAS DE UM REI QUE SÓ QUER O MELHOR PARA O SEU PAÍS!
AGORA VAMOS SER VENDIDOS À CHINA, PROVAVELMENTE!
É A REPÚBLICA NO SEU MELHOR! RESULTOU EM ALGUMA COISA TEREM IMPOSTO UMA REPÚBLICA AOS PORTUGUESES COM SANGUE RÉGIO?
SÃO 100 ANOS SEM REI!
100 ANOS SEM FUTURO!
100 ANOS SEM RUMO!

E MAIS
LUCRARAM EM QUÊ?
A PARTIR DE 1910:
15 ANOS DE TERRORISMO!
40 ANOS DE DITADURA!
30 ANOS DE BRINCADEIRA!

HÁ 100 ANOS QUE PORTUGAL ESTÁ NA CAUDA DA EUROPA!
TIRANDO A ALBÂNIA, ATÉ OS PAÍSES DA EUROPA LESTE JÁ NOS PASSARAM À FRENTE!

QUAL É A ÉTICA DA REPÚBLICA?

VÃO-SE CATAR COM O VOSSO REPUBLICANISMO! O MAL DE PORTUGAL ESTÁ NO POVO QUE NÃO PRESTA. ALIÁS JÁ FOI CONSIDERADO O POVO MAIS BRONCO E ESTÚPIDO DE TODA A EUROPA!

VIVA A MONARQUIA!
PORTUGAL PRECISA DE UM REI!

ABAIXO A REPÚBLICA QUE ESTÁ GORDA ÀS NOSSAS CUSTAS DE TANTO NOS ROUBAREM!

HÃO-DE PAGAR TUDO O QUE NOS FIZERAM PORQUE DEUS NÃO DORME! JÁ FALTA POUCO!


Comentar post

mais sobre mim
pesquisar
 
Dezembro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


posts recentes

DESTINADOS À TERRA

CHINESICE

FRAGMENTO

FRAGMENTO

POBRE AVÓ QUE ORA

SOMOS APENAS ÁGUA

FRAGMENTO

FRAGMENTO

CORREM EM MIM TRÊS RIOS

EM MEMÓRIA E LOUVOR DE AL...

arquivos

Dezembro 2017

Outubro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Outubro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Abril 2013

Março 2013

Dezembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Novembro 2004

Outubro 2004

Setembro 2004

Agosto 2004

Julho 2004

Junho 2004

Maio 2004

Abril 2004

Março 2004

blogs SAPO
subscrever feeds