blog filosófico, cultural e político
Sábado, 13 de Agosto de 2011
ALEMANHA VERSUS EUROPA

 

A esquerda europeia, e até muita direita dos países em dificuldades financeiras, reclama a emissão de euro-obrigações europeias para ajudar os países em dificuldades a suportarem o pagamento das suas dívidas e o relaçamento económico desses mesmos países.

Excelente ideia, mas tão ingénua como excelente.

É claro que a Alemanha não está interessada na emissão de euro-obrigações. Tal implicaria uma aumento da moeda em circulação, e, com isso, a desvalorização do euro. Tal traria como consequência uma maior competitividade das economias em dificuldades. Essa maior competitividade iria pôr em causa o excedente comercial alemão, já que os países do sul poderiam voltar a ter indústrias tradicionais competitivas, exportando mais para a Alemanha e diminuindo a sua dependência  do grande patrão europeu. Por outro lado, tal poderia implicar outras exigências da China dentro da Organização Mundial do Comércio, no âmbito da qual a Europa ( leia-se, Alemanha) assinou acordos comerciais altamente favoráveis para as duas potências económicas, mas que destruiram, juntamente com o euro sobrevalorizado ( este apenas no interesse da Alemanha), o tecido económico tradicional da europa do sul.

Daí o passo em frente da Sr.ª Merkl, seguido de outro passo atrás, quanto às euro-obrigações.

A Sr.ª Merkl, através do seu ministro da finanças Wolfgang Shauble ( uma personagem que parece saida do Dr. Estranhoamor, de Kubrik) sabe muito bem o que quer, e sabe muito bem manejar.

Só o medíocre Sarkozy ainda não percebeu que isso também levará a cabo a subjugação da França à Alemanha.

Quando um novo governo francês perceber isso, e puser termo ao eixo franco-alemão, que só está a beneficiar a Alemanha, então sim a Sr.ª Merkl terá pela frente uma outra Europa e não um conjunto de semi-colónias, como sucede atualmente.



publicado por henrique doria às 22:37
link do post | comentar | favorito
|

10 comentários:
De Ó máquinas de fazer merda a 14 de Agosto de 2011 às 16:59
henriquedoria disse...

Fala-se em poluição, mas a flatulência e a merda das vacas, porcos, ovelhas, cavalos, burros e similares era a maior causa de poluição da europa do século XIX, muito superior à das fábricas.
Mas essa poluição continua, agora espalhada por todo o mundo.
Espero que a Cristas tome as medidas adequadas para a evitar ou, pelo menos, minorar, já que é ela quem manda nos animais quadrúpedes ( e alguns bípedes)

13 de Agosto de 2011 23:56
Blogger الرجل ذبح بعضهم البعض ولكن الخيول باهظة الثمن disse...

A merda caro produtor da dita cuja

é fertilizante

a flatulência associada à degradação da matéria orgânica

é maior quando abundam os tecidos mortos

pressuponho que esteja em processo de desagregação

os cadáveres e os mortos vivos

mercê da sua natureza

são chamados flatulentos

mas a culpa é das bactérias

e as bactérias e os cadáveres são eternos

bípedes são as galinhas e os cangurus

14 de Agosto de 2011 16:58
Eliminar


De Conhecer a natureza do que se produz a 14 de Agosto de 2011 às 17:01
é importante

antes de a bolsar pela boca ou pelos dedos

devemos pensar donde vem


De O raciocínio da desvalorizão é tolo a 14 de Agosto de 2011 às 17:06
Se o euro desvaloriza isso é bom para as exportações

alemãs também...

os mercedes e BMW e máquinas ferramentas

e anéis tetraciclicos de antibiotas

vulgo tetraciclinas

o problema do aumento da massa monetária é a inflação

a subida das taxas de juro associadas

e tudo o mais

nomeadamente o aumento dos juros da dívida

percebido....ó curioso nas gasosas flatulências?

nah...a educação formal e informal anda mêmo na mó de baixo


De Pentelhos Descerebrados a 14 de Agosto de 2011 às 17:09
Como dizia o outro...

Pelo menos não é analfa....

já nã é mau......


De henrique doria a 14 de Agosto de 2011 às 21:48
Não anda tanto por baixo como V.ª Ex.ª pensa.A de V.ª Ex.ª é que parece andar por baixo.O aumento da massa monetária ocorrereia nos países do sul e com a desvalorização traria um aumento do valor dos bens importados e diminuição dos exportados. A inflação traria uma diminuição do poder de compra e, logo, uma diminuição do consumo e das importações.
Logo, equilíbrio da balança de pagamentos dos países do sul.
Mas é isto que o Dr. Estranhoamor não quer.


De dina maria marques a 14 de Agosto de 2011 às 23:56
E o que nos pode fazer pensar que Sua Excelência quereria??

Raciocínio tem limites.....





De Nesse caso a 15 de Agosto de 2011 às 03:19
É dos mais limitados que vi


De Não a 15 de Agosto de 2011 às 03:18
Pressuposto 1 aumento das exportações

Portugal só exporta 30 % do PIB

A república CHECA exporta 80% em coroas checas

A Polónia perto disso e em zlotys

Podem vender concorrencialmente em relação aos países do euro

5º iou 13ºdem para os que estão dentro do euro

os franceses não podem competir com os agricultores espanhóis

nós não conseguimos competir nem com espanhóis
nem com alemães ou franceses no que respeita a cereais

a organização estrutural e a estrutura de transporte contam muito

e foram empasteladas burocraticamente é ver a CP italiana por exemplo
só é menos imbecil do que a nossa
porque não gastou milhares de milhões a aladrilhar estações e por milhões de toneladas de carris e cimento com bitola ibérica

logo germanizar as coisas....

há medos os alemães temem pelo seu modo de vida

tal como os restantes

não compreender isso é...enfim há economistas que têm a mesma predisposição para a cegueira ideológica ou doutro tipo tanto faz


De henrique doria a 15 de Agosto de 2011 às 09:31
Não, não é como você diz e logo a seguir se desmente.
Portugal exporta 30% do PIB. Mas poderia exportar 50% se não tiver esta bandidagem à sua frente e andar à trela dos alemães.
Não competimos nos cereias. Mas somos melhores, de longe, nas frutas, hortícolas e flores. Além do vinho. E somos bons no calçado e nos têxteis.E na ciências de ponta, incluindo a biotecnologia e a informática.
Custos de transporte:Se olharmos o mundo, e não só a Europa, temos vantagens. Nunca tivemos ninguém depois do Cravinho querer desenvolver ao máximo Sines como placa giratória mundial. Talvez os chineses o façam agora, já que lá estão.
E há tantos imbecis contra o TGV que não percebem quanto iria diminuir os custos de transporte.
Os alemães: ganham pela corrupção ( vide submarinos). Mas nós fizemos a Expo Lisboa e eles Hanôver. E a nossa foi muito mais bem organizada que a deles.
Trabalham mais tempo. falso.
Não têm é conversas de chacha no trabalho como nós, sempre que é possível. Isso é preciso acabar. E não é difícil


De Marta M a 18 de Agosto de 2011 às 12:29
Boa dia
Li com atenção as considerações sobre estes imbróglio europeu e concordo particularmente com a referência à falta de visão de Sarkozy .
Quanto mais leio sobre estes assuntos mais complexo eles me parecem e, paradoxalmente , cada vez mais claras e simples me parecem as intenções da srªa Merkl ..
Estou cansada de 2ª, 3ª, ^4ª feiras... negras pelas bolsas.
Não sei de facto para onde caminhamos.
Também gostei do seu blog
Marta M


Comentar post

mais sobre mim
pesquisar
 
Dezembro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


posts recentes

DESTINADOS À TERRA

CHINESICE

FRAGMENTO

FRAGMENTO

POBRE AVÓ QUE ORA

SOMOS APENAS ÁGUA

FRAGMENTO

FRAGMENTO

CORREM EM MIM TRÊS RIOS

EM MEMÓRIA E LOUVOR DE AL...

arquivos

Dezembro 2017

Outubro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Outubro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Abril 2013

Março 2013

Dezembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Novembro 2004

Outubro 2004

Setembro 2004

Agosto 2004

Julho 2004

Junho 2004

Maio 2004

Abril 2004

Março 2004

blogs SAPO
subscrever feeds