blog filosófico, cultural e político
Sexta-feira, 23 de Março de 2012
OS APRENDIZES DE FEITICEIRO E O ARTISTA RELVAS

 

 (artigo publicado no GRANDE PORTO de hoje)

Somos governados por aprendizes de feiticeiro, que estão apostados em transformar o ferro em ouro e, para isso, não hesitam em transformar os homens em homúnculos.

Mas, como no poema de Goethe e na música de Paul Dukas, estes aprendizes de feiticeiro só conseguem espalhar a desordem e a desgraça.

Um exemplo, e transcrevemos dados do sítio da net Economia e Finanças:

“Ao segundo mês do ano as contas da Síntese de Execução Orçamental (escolher março de 2012) indiciam que as coisas podem estar a correr muito mal…

“(…) O valor provisório do défice do Estado até fevereiro de 2012 situou-se em 799 milhões de euros, que  compara com um défice de 274 milhões de euros em igual período do ano anterior.

A receita efetiva registou um decréscimo de 4,3%...

A despesa efetiva cresceu 3,5…

E isto continuará, até que alguém pegue na vassoura do poema e os varra. O que não é fácil: os aprendizes de feiticeiro são artistas da basófia e da mentira.

Por exemplo: o artista que desempenha também das funções de ministro e dá pelo nome de Relvas, referindo-se à contestação da lei que aí vem sobre as freguesias, falou dos que a contestam como sendo os que espalham o medo.

Deveria estar a referir-se a si próprio e aos seus companheiros de governo, com toda a certeza. Esses sim, sabem como espalhar o medo, senão o terror nas relações sociais e empresariais. O desemprego, a precarização do trabalho, a redução dos salários, o empobrecimento das classes médias, tudo instrumentos de terror social, são a sua especialidade, sendo certo que são ignorantes em tudo menos no cinismo, na maldade e nas táticas de terror social.

Tentam convencer-nos que  s e empresariais. O desemprego, a precarização do trabalho, a redução dos salários, o emprobrecimento das classes médias, tudo instrumentos de terror social, são a sua especialidade, sendo certo que são ignorantes em tudo menos no cinismo, na maldade e nessas táticas de terror.
Tentam convencer-nos que extinguir freguesias que representam um milésimo da nossa despesa é um ato de coragem.
Mas não, é uma ação de propaganda que Goebels não desdenharia.
Coragem seria enfrentar a rapina das parcerias público/privadas, do monopólio da EDP e do oligopólio dos combustíveis e da distribuição, que sufocam o crescimento da economia e depauperizam as classes médias e baixas.
Coragem seria enfrentar, no exterior, o imperialismo alemão que corrompe o sul da Europa com a venda de armas, vai buscar dinheiro quase dado ao BCE, e vende-o a preço elevado aos governos dos desgraçados PIGS para estes lhe pagarem a corrupção no negócio das armas, e ainda por cima os insulta e humilha.
Mas, quanto a isso, mostram-se o Relvas e seus amigos de governo mais submissos que rafeirinhos.extinguir freguesias que representam um milésimo da despesa do Estado, mas cuja existência representa muito para as suas populações, particularmente para as populações do interior a morrer pela desertificação progressiva, é um ato de coragem.

Mas não, é uma simples ação de propaganda de artistas aprendizes de feiticeiro.

Coragem seria enfrentar a rapina das parcerias público/privadas, o monopólio da EDP, Coragem seria enfrentar a rapina das parcerias público/privadas, do monopólio da EDP e do oligopólio dos combustíveis e da distribuição, que sufocam o crescimento da economia e depauperizam as classes médias e baixas.
Coragem seria enfrentar, no exterior, o imperialismo alemão que corrompe o sul da Europa com a venda de armas, vai buscar dinheiro quase dado ao BCE, e vende-o a preço elevado aos governos dos desgraçados PIGS para estes lhe pagarem a corrupção no negócio das armas, e ainda por cima os insulta e humilha.
Mas, quanto a isso, mostram-se o Relvas e seus amigos de governo mais submissos que rafeirinhos.o oligopólio dos combustíveis e da grande distribuição, a negociata da Lusoponte e outras que sufocam o crescimento da economia e depauperizam as classes médias e baixas.

Coragem seria enfrentar no exterior o imperialismo alemão que corrompe o sul da Europa com a venda de armas, vai buscar dinheiro quase dado ao BCE e vende-o a preços especulativos aos governos dos desgraçados PIGS para que estes lhe paguem a dívida resultante da corrupção no negócio das armas e, ainda por cima, os insulta e humilha.

Mas, quanto a isso, mostram-se o Relvas e os aprendizes de feiticeiro do governo mais submissos que rafeirinhos.



publicado por henrique doria às 21:39
link do post | comentar | favorito
|

mais sobre mim
pesquisar
 
Junho 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

12
13
15
16

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
29
30


posts recentes

FRAGMENTO

FRAGMENTO

CORREM EM MIM TRÊS RIOS

EM MEMÓRIA E LOUVOR DE AL...

OLHO PARA MIM

FRAGMENTO

VIESTE AVE DE FOGO

NADA É ETERNO

VEM

O AMOR

arquivos

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Outubro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Abril 2013

Março 2013

Dezembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Novembro 2004

Outubro 2004

Setembro 2004

Agosto 2004

Julho 2004

Junho 2004

Maio 2004

Abril 2004

Março 2004

blogs SAPO
subscrever feeds