blog filosófico, cultural e político
Sábado, 27 de Janeiro de 2007
QUESTÕES DE BOM SENSO

     O ENSINO BÁSICO E SECUNDÁRIO

Todos nós temos a experiência da razoável, ou mesmo boa, qualidade do ensino antes do 25 de Abril. E todos nós temos a experiência da degradação da qualidade do ensino depois do 25 de Abril.

Di-lo quem, desde muito novo, lutou contra o regime fascizante que o país sofreu antes da libertação de Abril.

Di-lo quem, em 1997, fez num congresso partidário a proposta para a melhor medida que este governo do engenheiro Sócrates tomou em matéria de educação: a Escola a tempo inteiro.

Por isso, para se melhorar o ensino ( e já algo foi melhorado por este governo) deveria começar-se por verificar o que existia antes do 25 de Abril no ensino básico e secundário, e que agora é diferente.

Se o fizesse, notariam a Sr. Ministra e os seus doutos conselheiros, duas diferenças: um maior número de disciplinas actualmente existente, que em alguns casos chega ao absurdo: chega a haver anos com  13 ( treze!!!) disciplinas.

Antes do 25 de Abril o máximo que se tinha eram nove disciplinas. E até, no 6º e 7º anos, o que havia eram sete, sendo apenas três as nucleares.

Parece de elementar bom senso que não há aluno que aprenda seja o que for, do que quer que seja, com 13 disciplinas.

Nem sequer é preciso explicar porquê.

Em vez de ver isto, que é notório, a Ministra da Educação avança com uma reforma que vai também contra o bom senso: instituir um único professor para os 5º e 6º anos de escolaridade.

Em vez de procurar colocar estes anos ao nível de aprendizagem que existia nos antigos 1º e 2º ano dos liceus, a Sr.ª Ministra quer colocar os 5º e 6º ano ao nível das antigas 3ª e 4ª classes.

Seria de elementar bom senso que:

a) o número de disciplinas  fosse reduzido, no máximo para nove, sendo  3 nos dois primeiros anos do ensino básico (antigas 1ª e 2ª classes) cinco nos  3º e 4º anos do 1º ciclo do ensino básico ( antigas 3ª e 4ª classes), sete no 2º ciclo do ensino básico( antigos 1º e 2º ano dos liceus), 9 no 3º ciclo do ensino básico( antigos 3º, 4º e 5º ano dos liceus) , e novamente 7 no secundário( antigos 6º e 7º ano dos liceus), a preparar o aprofundamento e a especialização no grau mais elevado do sistema de ensino que é o ensino superior.

b) mesmo no primeiro ciclo do básico, nos anos correspondentes às antigas 3ª e 4ª classes, houvesse já uma especialização dos professores, sendo um professor a ensinar a área das letras, e outro a área das ciências.

Dada a notória degradação a que chegou o ensino, seria uma questão de bom senso que o governo tomasse estas duas medidas, e não tomasse a medida insensata de colocar um professor a leccionar toda a matéria do 2º ciclo do básico.

 

 



publicado por henrique doria às 19:58
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

Quinta-feira, 18 de Janeiro de 2007
PARA TE ENCONTRAR

Como hei-de atravessar o deserto dos tártaros para te encontrar? No deserto dos tártaros há a

cidade de Karakorum. Disseram-me que é aí que poderei encontrar-te.

Karakorum é uma cidade translúcida, com templos labirínticos e uma estrela no centro.

Em Karakorum há aves magníficas, que renascem das próprias cinzas e alimentam os filhos

com o seu sangue.

Disseram-me que passas os dias a alimentar essas aves com sementes de girassol.

Mas ninguém me soube dizer como hei-de atravessar o deserto e esconder-me das lanças dos

tártaros para te encontrar.

 

HENRIQUE DÓRIA-Viagem para uma Nebulosa



publicado por henrique doria às 08:47
link do post | comentar | ver comentários (11) | favorito
|

mais sobre mim
pesquisar
 
Abril 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


posts recentes

CANTA CORAÇÃO CANTA

MULHER -LEITO PEQUENO

VOLTA O MUNDO AO CONTRÁRI...

O AMOR

FRAGMENTO

OUVE O TAMBOR DO MAR

FRAGMENTO

FRAGMENTO

NO BRILHO TRIUNFANTE

FRAGMENTO

arquivos

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Outubro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Abril 2013

Março 2013

Dezembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Novembro 2004

Outubro 2004

Setembro 2004

Agosto 2004

Julho 2004

Junho 2004

Maio 2004

Abril 2004

Março 2004

blogs SAPO
subscrever feeds