blog filosófico, cultural e político
Domingo, 28 de Agosto de 2011
DIÁRIO

                                                     

 

 

16 DE AGOSTO DE 2011

 

Viagens, convívio com a família na aldeia durante uma semana e, mais uma vez, este diário ficou em suspenso.

Regressei hoje ao trabalho, depois de uma interessante leitura das MEMÓRIAS, de Stuart Mill, encontradas por acaso num livreiro de Setúbal, uma pequena casa que transborda de amor aos livros.

Foi Nietzsche quem apelidou Stuart Mill de néscio. Poderia Stuart Mill não ter o génio de Nietzsche, não tinha, de certeza, a sua loucura, e não sofreu desse mal profundo num homem que é a impotência, como sofreu o genial alemão. Mas a sua obra não deixa de ser excelente a todos os títulos, nomeadamente pela sua dedicação ao bem estar ( que ele apelidou de felicidade) dos outros homens, a causas que, ao tempo, eram difícieis de defender e fraturantes, como os direitos dos operários, os direitos das mulheres e a defesa dos direitos dos irlandeses, a humanização da legislação, e tantas outras questões de enorme importância para a sociedade do seu tempo. Sem ser um homem de vanguarda, foi um homem de bem ao tentar, e conseguir, pelo menos em parte, melhorar a sociedade do seu tempo, nomeadamente pela sua atuação como deputado.

Creio que percebeu bem que grande parte das questões filosóficas deriva da insuficiência de conhecimentos científicos, como a segunda metade do século XX veio a demonstrar.

Por isso, muito humanamente, dirigiu as suas preocupações filosóficas para as questões da organização das sociedades.

E fê-lo de modo brilhante e, sobretudo, muito mais proveitoso para a humanidade que Nietzsche, no fundo acomodado ao domínio da aristocracia e à exaltação da vontade do poder,  uma das causas da maior tragédia sofrida pela humanidade até hoje, a II Grande Guerra Mundial.

...

 

 



publicado por henrique doria às 12:35
link do post | comentar | favorito

2 comentários:
De Melissa Yedda a 30 de Agosto de 2011 às 19:54
Muito bom!


De excessiva a 27 de Setembro de 2011 às 18:51
Ai...
Gostei do texto mas inclino-me mais para a genialidade do Nietzsche (que não teve culpa da indevida apropriação que dele fizeram os obscenos nazis) do que para o utilitarismo de Mill, que se limitou a teorizar o que qualquer homem comum segue sem ter consciência.
É fantástico encontrar um blog filosófico! ;)


Comentar post

mais sobre mim
pesquisar
 
Fevereiro 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

27
28


posts recentes

FRAGMENTO

AS CRIANÇAS QUE PASSAM

DESTINADOS À TERRA

CHINESICE

FRAGMENTO

FRAGMENTO

POBRE AVÓ QUE ORA

SOMOS APENAS ÁGUA

FRAGMENTO

FRAGMENTO

arquivos

Fevereiro 2018

Dezembro 2017

Outubro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Outubro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Abril 2013

Março 2013

Dezembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Novembro 2004

Outubro 2004

Setembro 2004

Agosto 2004

Julho 2004

Junho 2004

Maio 2004

Abril 2004

Março 2004

blogs SAPO
subscrever feeds