blog filosófico, cultural e político
Quinta-feira, 10 de Junho de 2004
BARCA DE CARONTE
Para mim virá sempre com a primeira neve
encostará uma asa ao vidro suave
da janela
atravessá-lo-á em silêncio
de porcelana e tornará fria
a lâmpada que guarda
a minha cabeceira.

Depois o terrível bico
há-de apagá-la
e colocar-me nos lábios a moeda
para que a sombria barca me conduza
ao lugar
onde o nada irá dar enfim
um sentido às coisas que o não tinham.

HENRIQUE DÓRIA-Escadas de Incêndio



publicado por henrique doria às 00:43
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito

Quarta-feira, 9 de Junho de 2004
HONRA AO HOMEM
Sousa Franco era um homem bom e com princípios, competente. Em total contraste com a gentalha que nos governa, e com muita gentalha do partido a que estava ligado. Morreu a lutar por uma causa, num tempo em muito poucos têm causas, e a grande maioria de políticos e não políticos quer é tratar da vidinha.
Sem ele Portugal fica mais pobre.
Honra ao Homem que partiu.
Henrique Prior


publicado por henrique doria às 23:51
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Terça-feira, 8 de Junho de 2004
...
As últimas estruturas estão gastas
e é preciso mudá-las,
sobretudo as mais finas.

Desmantelar o ar, por exemplo.
Desmantelar o pensamento.
Mas substituí-los por quê?

Há que pôr o ar no lugar do pensamento.
Há que pôr o pensamento no lugar do ar.

ROBERTO JUARROZ- Poesia Vertical


publicado por henrique doria às 23:29
link do post | comentar | favorito

Sábado, 5 de Junho de 2004
AS PALAVRAS E AS COISAS
O nominalismo, que contribuiu para libertar a linguagem, contribuiu também para a lançar no vazio.
Hoje, tempo em que já não se crê nem nas palavras nem nas coisas, a nossa salvação estará em fazermos aderir as palavras às coisas. Não atribuindo a ambas uma só verdade, mas múltiplos sentidos, múltiplas visões, múltiplas emoções.
Em volta das quais pairará a unidade que sempre haveremos de procurar.
HENRIQUE DÓRIA


publicado por henrique doria às 22:40
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito

A ILHA DOS MORTOS- Arnold Bocklin
bocklin35.jpg


publicado por henrique doria às 11:05
link do post | comentar | favorito

PAIXÃO INTACTA
Ler GEORGE STEINER é dos actos mais gratificantes que a vida me tem proporcionado:a inteligência voando até aos mais altos cumes ou mergulhando até às profundidades abissais. Uma inteligência que nos chega a causar temor, de tanto nos apaixonar.

Em GRAMÁTICAS DA CRIAÇÃO trememos com a presença da morte na beleza. Em PAIXÃO INTACTA, a última obra de STEINER publicada em português que me foi dado ler, banqueteamo-nos com a profundidade do pensamento e da análise.

A sua obra é única, e conduz-nos à inevitável conclusão de que o intelectual que não trai e não se trai, desde Sócrates a Cristo, é um anarquista do espírito, isto é, da palavra. A sua singularidade fascina-nos ao ponto de nos aterrar.

HENRIQUE DÓRIA


publicado por henrique doria às 10:34
link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 1 de Junho de 2004
Uma Campanha Sórdida
Vital Moreira, no blog causa-nossa, insurge-se contra o achincalhamento utilizado pela direita na campanha eleitoral como se se tratasse apenas de um défice de boa educação.
Espanta-me que Vital Moreira pareça tão ingénuo.Não se trata essencialmente de achincalhamento, trata-se de estratégia política bem elaborada: não querendo discutir o essencial,que é o estado a que conduziu o país, porque nesse campo seria arrasada (pelo menos se tivesse uma oposição digna desse nome, o que não sucede já que a mediocridade da direcção do PS é confrangedora, APESAR DE SEREM BONS RAPAZES), a direita joga no insulto para não ser arrasada.
E estou em crer que vai consegui-lo.
HENRIQUE PRIOR


publicado por henrique doria às 00:23
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Fevereiro 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

27
28


posts recentes

FRAGMENTO

AS CRIANÇAS QUE PASSAM

DESTINADOS À TERRA

CHINESICE

FRAGMENTO

FRAGMENTO

POBRE AVÓ QUE ORA

SOMOS APENAS ÁGUA

FRAGMENTO

FRAGMENTO

arquivos

Fevereiro 2018

Dezembro 2017

Outubro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Outubro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Abril 2013

Março 2013

Dezembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Novembro 2004

Outubro 2004

Setembro 2004

Agosto 2004

Julho 2004

Junho 2004

Maio 2004

Abril 2004

Março 2004

blogs SAPO
subscrever feeds