blog filosófico, cultural e político
Quarta-feira, 8 de Setembro de 2004
UM APOIO PARA MEDITAR

Aos gondomarenses mais atentos não espantou o rasgado elogio que Valentim Loureiro prodigalizou a José Sócrates, que foi ao ponto de dizer que Sócrates seria um grande Primeiro-Ministro.
Tal elogio não foi mais que a retribuição de outro que Sócrates, em visita a Gondomar, prodigalizou ainda não há muito tempo a Valentim Loureiro, elogiando a sua prestação à frente da Câmara de Gondomar.
Quando prestou este elogio a Valentim Loureiro, já não se exigiria que, antes de falar, perguntasse primeiro a opinião dos socialistas gondomarenses, em particular dos seus dirigentes.<
Bastaria que Sócrates perguntasse a opinião de muitos dentre os filiados no PSD sobre o que o seu próprio partido estava a fazer em Gondomar.
Ou, então, e isso seria mais isento, que visitasse ele próprio as zonas onde pretendia implantar o POLIS para verificar o caos que Valentim Loureiro trouxe a Gondomar, incluindo a vergonha que é o edifício de 16 pisos junto ao palácio do Freixo, um edifício que, se houvesse coerência na política, seria para demolir como Sócrates exigiu a demolição do edifício Coutinho, em Viana do Castelo.
Ou que sobrevoasse o concelho, para ver a floresta de betão em que a dupla Valentim Loureiro e José Oliveira transformou Gondomar.
Talvez Sócrates prodigalizasse então elogios a Valentim Loureiro, para os ver retribuídos num futuro próximo. O que conseguiu.
Mas estes elogios de Valentim a Sócrates, para além de parecerem algo como uma intromissão na vida interna do Partido Socialista, colocam-nos várias interrogações.
Será que o governo que Sócrates fará se for Primeiro-Ministro é o governo que agrada tanto a Valentim Loureiro?
Será que um governo que tanto agrada a Valentim Loureiro é um governo em que os socialistas e a maioria dos portugueses se possam rever?
Porque é que Sócrates não se demarcou, até hoje, claramente desse apoio?
Será que Sócrates desconhece o que se passa em Gondomar, e que todo o país conhece?
Será que Sócrates ignora a difícil luta que os dirigentes do Partido Socialista de Gondomar têm travado, e os quer pôr à margem?
E outra interrogação ainda: o que faz Valentim Loureiro correr tanto atrás de Sócrates, ao ponto de se imiscuir nas questões internas do PS, em vez de se limitar ao imbróglio criado entre o PSD do Porto e Gondomar por um lado, e o de Gaia, por outro?
Dizia Francois Mitterrand, “ A chacun ses espagnols”. Isto é, a cada um os seus companheiros.
E a companhia que Sócrates e Valentim fazem um ao outro deve fazer meditar seriamente os socialistas gondomarenses que tão bem conhecem Valentim Loureiro, as suas companhias e a desgovernação que faz do concelho.

HENRIQUE PRIOR



publicado por henrique doria às 00:45
link do post | comentar | favorito

1 comentário:
De Anónimo a 14 de Setembro de 2004 às 03:14
Já não sei a quantas ando.josesocrates
(http://corrupto.blogs.sapo.pt)
(mailto:josesocrates@sapo.pt)


Comentar post

mais sobre mim
pesquisar
 
Maio 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
30
31


posts recentes

A IMPROBABILIDADE E O ERR...

FRAGMENTO

AS CRIANÇAS QUE PASSAM

DESTINADOS À TERRA

CHINESICE

FRAGMENTO

FRAGMENTO

POBRE AVÓ QUE ORA

SOMOS APENAS ÁGUA

FRAGMENTO

arquivos

Maio 2018

Fevereiro 2018

Dezembro 2017

Outubro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Outubro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Abril 2013

Março 2013

Dezembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Novembro 2004

Outubro 2004

Setembro 2004

Agosto 2004

Julho 2004

Junho 2004

Maio 2004

Abril 2004

Março 2004

blogs SAPO
subscrever feeds